1 de abr de 2012

capitalismo mundial integrado

Imperialismo mundial integrado
Tecnologia mundial integrada
Monopólio mundial integrado
Dólar mundial integrado
Lucro mundial integrado
Exploração mundial integrada
Roubo mundial integrado
Farsa mundial integrada
Ilusionismo mundial integrado
Droga mundial integrada
Entretenimento mundial integrado
Mídia mundial integrada
Ignorância mundial integrada
Oligarquia mundial integrada
Arrogância mundial integrada
Pobreza mundial integrada
Fome mundial integrada
Desespero mundial integrado
Desperdício mundial integrado
Luxo mundial integrado
Elitismo mundial integrado
Racismo mundial integrado
Abandono mundial integrado
Presunção mundial integrada
Mentira mundial integrada
Indiferença mundial integrada
Sexismo mundial integrado
Ódio mundial integrado
Cinismo mundial integrado
Niilismo mundial integrado
Hipocrisia mundial integrada
Extermínio mundial integrado
Maldade mundial integrada
Antropocentrismo mundial integrado
Sujeição mundial integrada
Crise mundial integrada
Bomba mundial integrada
Guerra mundial integrada

4 comentários:

ALUISIO CAVALCANTE JR disse...

Caro amigo

Nos atuais dias
que vivemos,
penso que apenas nós,
que sonhamos
com um mundo de esperança,
estamos desintegrados.


Que haja sempre perfume
de sonhos em tua vida.

Lilazdavioleta disse...

Claro que toda esta integração existe porque o homem consentiu .
Os desintegrados são olhados com um receio de espanto .
Esperança , precisamos dela , ainda que viver dela me assuste .

Um abraço e obrigada pela sua visita

São disse...

A integração é mais parecida com uniformização...e quando toda gente está pensando uniformemente isso significa que ninfuém pensa.

Mas , nós, ainda resistimos!

Um Páscoa doce e bem acompanhada , Luís

Fred Caju disse...

Saudações quem aqui posta e quem aqui visita.
É uma mensagem “ctrl V + ctrl C”, mas a causa é nobre.
Trata-se da divulgação de um serviço de prestação editorial independente e distribuição de e-books de poesia & afins. Para saber mais, visitem o sítio do projeto.

CASTANHA MECÂNICA - http://castanhamecanica.wordpress.com/

Que toda poesia seja livre!
Fred Caju